Além de maior agilidade e segurança, os produtores não precisarão mais se deslocarem até a prefeitura para retirar e devolver talões.

A Secretaria Municipal de Fazenda, através do ICMS do Município, informa aos Produtores Rurais de Tupanciretã, que o prazo para obrigatoriedade de uso da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) em substituição ao talão de produtor será 1º de março de 2020, para aqueles que tem o valor adicionado de R$ 1 milhão, os produtores que possuem abaixo desse valor terão o prazo até 1º de janeiro de 2021 para obrigatoriedade da emissão de NFe.

A tecnologia está cada vez mais presente no campo, tornando a trabalho do produtor mais prático e aprimorado. Agregando mais facilidades, esse documento eletrônico (NFe), proporcionará redução no consumo do papel, assim como o tempo de emissão da nota, facilitando a rotina do produtor rural, que antes emitia apenas via talão/bloco de produtor. Além de maior agilidade e segurança, os produtores não precisarão mais se deslocarem até a prefeitura para retirar e devolver talões.

Para saber mais detalhes procure o ICMS do Município, que recentemente foi mudado para a Rua Antônio Silveira, 125 com atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h30 até as 16h30m (até as 17h30m expediente interno).

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 19/11/2019

Compartilhe!