As doses existentes no município devem continuar sendo destinadas aos grupos prioritários

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza até o dia 30 de junho de 2020. A iniciativa é válida para que as Unidades Federadas que ainda não atingiram a meta possam ter prazo para vacinar ao menos 90% dos grupos prioritários.

As doses existentes no município devem continuar sendo destinadas aos grupos prioritários como: pessoas de 60 anos e mais de idade, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motorista e cobrador de transporte coletivo, portuários, povos indígenas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias, adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

Data de publicação: 01/06/2020

Créditos: Fernanda Malheiros

Créditos das Fotos: Assessoria de Imprensa PMT

Compartilhe!