Sobre o evento...

Em sua 13ª Edição, a Abertura Oficial da Colheita da Soja do Estado do Rio Grande do Sul é o momento em que produtores rurais, autoridades, empresas do ramo agrícola e veículos de comunicação se voltam ao campo para marcar o início da colheita de mais safra no Estado.

A Abertura, que tradicionalmente ocorre no Município de Tupanciretã, é considerado um ato de festividade para os produtores agrícolas do Estado do RS, pois é chegado o momento de colher não somente o grão, mas de colher o fruto de uma espera zelosa, fruto de esforço e dedicação, uma cultura exposta as intempéries e as pragas. Por isso este ato solene é importante, pois também é uma oportunidade para um encontro entre produtores, um espaço para debater sobre os temas pertinentes da área. Este ano, uma safra penalizada por uma forte estiagem que assola o Estado, por isso, o evento possui uma conotação diferente dos demais anos, pois houve grandes perdas na produção desse cultivar.

Autoridades municipais, estaduais e federais, entre presidente de associações, cooperativas e órgãos privados, empresas assim como autoridades e representantes de órgãos públicos participarão do evento. Os produtores rurais são convidados especiais desta solenidade.

A Abertura da Colheita da Soja também é um meio que os produtores rurais possuem para se manifestar diante de autoridades, empresas do setor primário e entidades de classe, sobre os interesses do setor ruralista.

Sobre o dia...

O evento será realizado no dia 27 de março de 2020, iniciando as 13h30 da manhã, com a recepção de autoridades, na Agropecuária Malheiros, situada na localidade de Coxilha Bonita Tupanciretã (RSC 392).

No primeiro momento do evento, o Governador, Eduardo Leite, com previsão de chegada as 13h30m, irá diretamente até a lavoura subindo na colheitadeira, marcando início ao ato oficial da colheita, tendo como o ápice quando o grão é retirado da máquina e as autoridades principais celebram este momento jogando os grãos colhidos ao alto, encerrando assim este primeiro momento na lavoura.

O segundo momento irá ocorrer no espaço social, onde todas as autoridades, convidados e produtores rurais se reúnem para o pronunciamento das autoridades sobre a produção rural e assuntos ligados ao setor primário. 

O que a Abertura representa para o Município...

A Abertura Oficial da Colheita da Soja para Tupanciretã vai mais além do que o ato simbólico em si, pois é considerada uma oportunidade que o Município possui para oficializar seus interesses, reivindicações e anseios, pois com o evento representantes e autoridades de diversos segmentos se fazem presentes, inclusive o Governador do Estado, além de diversos veículos de comunicação.

Um dos anseios mais aguardados por Tupanciretã é a realização da pavimentação da RSC 392, que é asfaltada da BR 158 até a entrada da cidade, porém, o trecho que compreende Tupanciretã – Santa Tecla é estrada de chão, e é um dos principais trechos utilizados no escoamento da produção rural. São décadas de espera com tratativas, a obra já teve diversos inícios, mas sempre interrompida por algum motivo.  A pavimentação desse trecho não trará benefícios somente para o Município, pois com a construção da rodovia poderá servir de desvio da BR 158 para a BR 377, encurtando distância para quem pretende ir para Santiago e região. Essa reivindicação vai seguir sempre, até que a obra seja realmente concluída.




Compartilhe!